21 Out 2016
Créditos Imagem
Juan Antonio F. Segal CC Attribution 2.0

Apesar de ser um país relativamente pequeno, com uma área de 92.090 km², Portugal apresenta uma enorme diversidade de fauna, flora e até de clima. Conheça 10 razões para sair de casa à descoberta de Portugal e enriqueça as suas vistas e cultura!

1. Clima

O clima de Portugal e a sua diversidade é sem dúvida um dos motivos que levam a que tantos visitantes cheguem vindos de todo o mundo. Mesmo para os residentes no país é sempre uma agradável surpresa constatar as diferenças de temperaturas entre norte e sul, entre litoral e interior.

Portugal é uma caixinha de surpresas que é sempre bom desvendar. Com um clima mediterrânico no sul e no norte, Portugal é um dos países que registam temperaturas mais amenas e convidativas.

A temperatura media anual varia dos 13° C no interior montanhoso até 18° C no sul. Os verões são suaves nas terras altas do norte do país e no litoral norte e centro. O outono e inverno são ventosos, chuvosos e frescos, mais frios no norte e centro de Portugal.

Nos meses mais frios de inverno chegam a ocorrer temperaturas negativas no norte e centro, mas no sul do país quase nunca o termómetro desce abaixo dos 0° C, não sendo inferior a 5° C.

2. Sol

O sol de Portugal é famoso e muto procurado por nacionais e estrangeiros principalmente nos meses quentes de verão, onde os dias são ensolarados e as temperaturas bem altas.

Em julho e agosto acontece frequentemente os termómetros subirem acima dos 40° C em grande parte do país, principalmente no Alentejo interior. Existem até registos em que se atingiram os 50 graus no Parque Arqueológico do Vale do Côa, no Vale do Douro.

3. Praias

Um pouco por todo o Portugal se podem descobrir praias fantásticas e muito convidativas. Desde as praias de mar mais conhecidas como é o caso das praias da Costa da Caparica em Lisboa e de todas as praias algarvias, passando pelas recentemente valorizadas praias fluviais nas quais a região Norte do país é extremamente rica.

Albufeiras, lagos e lagoas tornam-se também em verdadeiros oásis nos dias mais quentes e há quem troque de bom gosto o areal das costas marítimas pela tranquilidade verdejante das suas águas doces e cristalinas.

A extensa costa portuguesa, cerca de 1.230 km em Portugal Continental, 667 km nos Açores e 250 km na madeira proporcionam mais do que bons motivos para descobrir um país plantado à beira mar e de areia dourada vestido.

4. Neve

locais imperdíveis em Portugal e o turismo de inverno tem dado passos muito importantes nos últimos anos. Para isso muito tem contribuído a queda de neve ocorrida nos meses mais secos e frios do inverno português

A neve cai mais frequentemente na Guarda, Bragança, Vila Real e Viseu, diminuindo à medida que se desce em direção ao sul do país e sendo completamente inexistente na maior parte do Algarve.

Nos dias de maiores nevões as temperaturas descem aos 10 graus negativos e pontos como a Serra da Estrela, a Serra do Gerês e a Serra de Montesinho vestem-se de um manto imaculado de neve para delícia dos muitos apreciadores de desportos de inverno e da beleza fria da natureza branca.

5. Florestas

Matas e florestas constituem grande parte do território português e são também uma excelente razão para se partir à aventura por Portugal. Os pinheiros, castanheiros, sobreiros, azinheiros, carvalhos-portugueses e eucaliptos são apenas algumas das árvores representantes da vegetação portuguesa que é diferente conforme a localização em que nos encontrarmos.

Atividades de ar livre e desportos radicais são muito praticados nas zonas arborizadas de Portugal e o ar puro com que se podem renovar os pulmões levam a que muitas pessoas optem pelo campo na altura de programarem as suas viagens por Portugal.

Em Lisboa, capital portuguesa temos o Parque do Monsanto, autêntico pulmão da cidade que oferece imensas atividades lúdicas aos seus visitantes e que se tem vindo a tornar num local de eleição para muitos amantes da natureza.

6. Fauna

Para os apaixonados pela vida selvagem Portugal tem para oferecer uma fauna rica e diversificada.

Raposas, texugos, linces-ibéricos e lobos (recentemente reintroduzidos em números limitados), cabras selvagens, javalis, lebres, coelhos, doninhas, furões, ginetas e veados são alguns dos exemplares da fauna existente em território português. Estes animais no seu estado selvagem atraem muitos interessados nos mistérios da natureza e no estudo da forma de vida animal nos seus habitats naturais.

7. Observação de aves

Existem diversos postos de observação de aves, principalmente migratórias que atravessam ou se detém em Portugal para nidificar e para passar os meses quentes.

Em lugares como o Cabo de São Vicente, a Serra do Monchique e o Cabo Sardão entre outros, podem ser vistos pássaros que voam da Europa para África no outono e que regressam depois na primavera. São cerca de 600 espécies de aves diferentes, entre elas 235 nidificantes que se oferecem à contemplação atenta de inúmeros amantes de aves.

8. Peixes

Para a pesca ou para a degustação Portugal dispõe de uma enorme variedade de espécies de peixe de água doce e de água salgada.

Entre os peixes de água doce (mais de 100 espécies diferentes) encontram-se o bagre-gigante-europeu e as enguias numa lista enorme de outros peixes.

Nas espécies marinhas temos as sardinhas, o atum e a cavala-do-atlântico entre outras muito conhecidas e apreciadas.

9. Áreas protegidas

Portugal tem diversas áreas protegidas que são ótimos destinos para fazer férias em família, nas quais se preserva e defende a natureza na sua forma mais original, e se cuidam de espécies animais e vegetais que de outra forma se perderiam ou se extinguiriam.

Existem um parque nacional, treze parques naturais, nove reservas naturais, cinco monumentos naturais e seis paisagens protegidas.

Locais como o Parque Nacional Peneda-Gerês, o Parque Natural da Serra da Estrela e a Serra da Arrábida são alguns dos santuários mais afamados de Portugal e constituem certamente ótimas razões para uma visita pormenorizada.

10. Muitos outros motivos para visita

São tantos, mas tantos os motivos que fazem de Portugal um país a descobrir e a visitar que é impossível descrevê-los a todos no mesmo artigo. Assim sendo há que mencionar os monumentos históricos, os vestígios arqueológicos, as ruínas e grutas, a gastronomia, o folclore, a música e cantares, a hospitalidade da boa gente portuguesa, etc.

Por isso não se deixe estar em casa, viva você em Portugal ou não. Existe sempre muito para descobrir neste país maravilhoso e cheio de tradições construídas em séculos de uma história rica e intensa. Parta à aventura e delicie-se com o que Portugal tem para oferecer.