Ponto de interesse
Ponto de interesse
Fortaleza de Juromenha
Alandroal
- Évora
0
opiniões
Descrição

O que resta da Fortaleza de Juromenha tem atrás de si um castelo, que foi pertença dos mouros e a eles conquistado por D. Afonso Henriques em 1167. Posteriormente foi reconstruído por D. Dinis, o rei que mais atenção prestou aos castelos portugueses. O castelo chegou a ser um dos mais poderosos da região raiana, robustecido por 17 torres quadrangulares em volta de uma torre de menagem de 44 metros de altura.

A fortificação foi bastante alterada na época da Guerra da Restauração, pela necessidade evidente de adaptação à nova artilharia, que tornara obsoletos os castelos medievais. Foi então que nasceram os baluartes, obras dimensionadas para a artilharia de fogo. Por intervenção de D. Joao IV, que chamou a Portugal três consagrados mestres na arte de construir fortalezas, Juromenha obedeceu a três projectos, sendo o único aprovado o do francês Nicolau de Langres, engenheiro-mor das fortificações do Alentejo, este acabou por se passar para o lado dos espanhóis, fazendo mesmo capitular a heróica Juromenha em 1662.

Mais tarde, o terramoto de 1755 abalou a fortaleza, ainda assim constitui um dos pontos de partida da guerra contra as tropas napoleónicas em 1808.

A Fortaleza de Juromenha foi uma peça fronteiriça de grande importância estratégica e um dos poucos lugares identificados em Portugal enquanto local de azóia ou arrábida antes da Reconquista.

Actualmente a fortaleza é constituída, no exterior por três baluartes, dois meio baluartes, um deles conhecido por Forte de Elvas e ainda um revelim, uma obra menor em forma triangular. No interior restam edifícios em ruína, como as igrejas Matriz e da Misericórdia, a cadeia, os antigos paços do concelho e ainda uma cisterna.

Localização
Endereço:
Juromenha, 7250-242 - Juromenha - Évora
GPS:
38° 44' 27.0456" N
7° 14' 20.3712" W
Javascript is required to view this map.
Opiniões(0)
Relacionados no Blog (1)
Conhecer … O Alentejo