01 Fev 2010

O Festival das Papas de Sarrabulho está de volta ao norte do país, no fim-de-semana de Carnaval. De 13 a 16 de Fevereiro, o Município, com o apoio da Associação Comercial de Braga (ACB) e da Unidade de Acompanhamento para o Alto Cávado UAC), promove mais uma edição deste festival que é já o maior cartão de visita da região

 Este ano, o Festival realiza-se na EB 2,3 de Amares e conta com a participação de 27 expositores, entre os quais dez restaurantes e 17 tasquinhas de produtos regionais (artesanato, vinhos, queijos, doçaria, fumeiro, entre outras iguarias).

A exibição gastronómica afirma-se como um evento de referência no Minho, dada a qualidade dos participantes e o seu empenho em promover as especialidades típicas da região, sobretudo as papas de sarrabulho, os rojões e outros petiscos regionais, tão apreciados nesta época do ano.

Prova de sucesso desta iniciativa é o crescente número de visitantes que se tem verificado a cada ano.

Este evento contribui para a preservação e valorização de um prato típico da região do Minho, feito à base de sangue e carnes de porco e pão ou farinha de milho. As papas - confeccionadas apenas no Inverno, por altura da matança do porco - são servidas como sopa, acompanhadas por rojões à moda do Minho e regadas com vinho verde tinto.

A preparação e confecção dos alimentos é desenvolvida pelos restaurantes nos seus estabelecimentos, respeitando todas as regras em vigor. No espaço onde decorre o certame, os restaurantes apenas recorrem a equipamentos para exposição e conservação dos alimentos a servir aos visitantes.

A qualidade dos produtos consumidos e vendidos no certame, assim como as boas práticas em termos de higiene e segurança alimentar têm sido as principais preocupações da organização. Neste sentido, tem sido feita uma rigorosa selecção dos expositores e têm sido acauteladas todas as questões de higiene e segurança alimentar por uma empresa da especialidade, que acompanha e inspecciona todos os procedimentos, desde a qualidade da comida até à higienização das loiças.

Aos visitantes interessados em degustar as papas de sarrabulho é disponibilizado um conjunto de louça uniformizado, que é devolvido no final da refeição. O “malga” das papas tem um valor uniformizado, mas todos os restantes alimentos e bebidas à venda têm preços livres, devidamente afixados.

O Festival das Papas de Sarrabulho reserva aos visitantes um espaço acolhedor e propício a salutares convívios em família e entre amigos, com capacidade para 600 pessoas.